Finalizando a serie de informações sobre as doenças da pele aqui vai a terceira mensagem:3 - Psoríase é uma doença de pele que acomete homens e mulheres, entre 20 e 40 anos, mas pode ocorrer em outras fases da vida. Sua causa é desconhecida, mas os fenômenos emocionais estão relacionados ao aparecimento ou agravamento. Cerca de 30% dos indivíduos com psoríase apresentam histórico familiar. A apresentação clínica é variada, com pacientes que apresentam poucas lesões ou no corpo todo.
A forma mais comum é psoríase em placas, caracterizada pelo aparecimento de placas avermelhadas e descamativas na pele, que apresentam evolução crônica. Os locais onde as placas normalmente aparecem são: joelhos, cotovelos, couro cabeludo e áreas de trauma. Quando as placas evoluem, deixam o local com coloração mais clara do que a pele normal. A doença evolui cronicamente e o sintoma é o prurido. Algumas formas são menos comuns, como a psoríase localizada nas unhas e psoríase gutata, que provoca o aparecimento de lesões de modo eruptivo e pode estar associada a infecções. O uso de pomadas ou cremes é suficiente para o tratamento, mas em casos com maior número de lesões, é necessário o uso de medicação via oral. Nos tratamentos tópicos ou sistêmicos a associação com “laser” melhora os resultados. A doença não tem cura, mas a sua remissão clínica é possível se o paciente conseguir ficar longos períodos sem que novas lesões apareçam.